Pastas de entrada, conheça a história dos pratos que são sucesso no Brasil
   

Boa opção para quem gosta de petiscar, patês e outras pastas são mais conhecidos no Brasil na forma de entradas - ou mesmo de couverts.

São receitas populares ao redor do mundo, que têm em comum a consistência tenra, própria para ser "espalhada" em baguetes, pão-folha, pão italiano e torradas.

Mas as semelhanças param por aí: versões da Europa, da América Central e do Oriente Médio guardam, cada uma, histórias e trajetórias muito particulares. A sardela, usada como antepasto italiano, é um dos exemplos. Preparada com pimentão vermelho, azeite, pimenta e "alice" (anchova em conserva), foi trazida ao Brasil por imigrantes que vieram da Itália, provavelmente da região da Calábria.

Por aqui, a pasta ganhou vida própria: passou a ser preparada com sardinhas em conserva no lugar das anchovas, como explica o professor de história da gastronomia Sandro Dias, do Senac.

A sua origem não é certa, mas sabe-se que uma mistura fermentada à base de peixe, chamada "garum", já existia na antiguidade greco-romana. Consistia na salga das vísceras de peixes, que depois eram fermentadas e temperadas.

MESOPOTÂMIA
A coalhada seca, tradicional da mesa árabe, é mais antiga ainda. É fruto de um preparo quase acidental - a fermentação do leite. Esse manejo já era reproduzido, provavelmente, 9.000 a.C. na Mesopotâmia, onde a criação de cabras e ovelhas fornecia leite como fonte de proteína.

Esse líquido deixado em repouso - e coagulado - deu origem a uma grande oferta de produtos e preparações. Entre elas, a coalhada. Fácil de ser deslocado, esse alimento era comum a comunidades itinerantes e, dessa região, se espalhou para outras, como a Grécia.

Aos gregos transferiu-se também, por meio de mercadores árabes, o uso da berinjela. Com ela, eles preparam a "melitzanosalata" -pasta à base de berinjela grelhada, transformada em purê rústico - semelhante ao "baba ghanoush" feito pelos árabes.

 

 
 
     
     
 
 
Estudos relacionam vinho tinto com boa saúde cerebral
O vinho tinto sempre foi relacionado com a melhora da saúde cardíaca e de uns tempos para cá novas pesquisas vem mostrando novos benefícios
 
     
 
 
Pastas de entrada, conheça a história dos pratos que são sucesso no Brasil
Boa opção para quem gosta de petiscar, patês e outras pastas são mais conhecidos no Brasil na forma de entradas - ou mesmo de couverts.